Qual a importância de nutrir meus leads no funil de vendas?

O inbound marketing hoje é, sem dúvidas, uma das principais estratégias de vendas que as empresas podem usar. Isso porque as estratégias comuns de marketing e vendas tornaram-se obsoletas, assim como a comunicação unilateral. Com o mundo cada vez mais tecnológico e as relações entre consumidor e empresas se tornando mais uma via de mão dupla, o inbound marketing se destaca pela facilidade que tem de atrair mais possíveis clientes, os chamados leads.

Leads é um termo muito usado no inbound marketing para descrever o registro de cadastro de pessoas e empresas interessadas em um determinado produto ou serviço. Confira mais no post: como aumentar minhas vendas: o que é Inbound Marketing?

E conquistar muitos leads é bom. Ter bastante tráfego no seu blog, no seu site e engajamento nas redes sociais é um ótimo sinal da eficiência da estratégia adotada. Porém, gerar leads é apenas uma peça desse quebra-cabeças.

Ter um bom fluxo no seu blog, mas esperar que a venda aconteça sozinha não vai funcionar. Tão importante quanto gerar novos leads é nutrir os já existentes. Uma premissa dos negócios é que perder um cliente é muito pior do que deixar de ganhar um, por essa razão é importante estar atento com a nutrição dos seus respectivos leadsSegundo o MarketingSherpa, “61% dos profissionais de marketing B2B direcionam todos os seus leads diretamente para as vendas; no entanto, apenas 27% desses leads são qualificados.”

Mas como nutrir meus leads pelo funil de vendas?

Primeiramente, é preciso traçar boas estratégias que atraiam o público-alvo para o seu site. Esses visitantes devem apresentar uma boa resposta, navegando pelo site e preenchendo os formulários das landing pages. Assim que o usuário deixa essas informações ele torna-se um lead, ou seja, um cliente em potencial. Com esses contatos nas mãos é preciso transformá-los em clientes, nutrindo-os pelo funil de vendas.

A internet tornou-se uma fonte de conhecimento fácil. É cada vez mais comum ver consumidores procurando por dados e analisando a avaliação de experiências, a fim de validar suas decisões de compra como certas. Essa tendência mostra a necessidade que as empresas têm em tornarem-se autoridade e referência no mercado, investindo em conhecimento.

Qual a relação entre nutrição e funil de vendas?

No funil de vendas, o plano é fazer com que todos os contatos sejam iniciados em uma jornada para o momento da compra. E nessa jornada os conhecimentos adquiridos pelo lead serão por níveis diferentes. No início – topo de funil – o conhecimento sobre a solução ainda é bastante raso. Isso porque o lead ainda não sabe que tem um problema e, consequentemente, não busca por uma solução.

Já no momento de considerar a solução – meio do funil -, é que o lead ganha mais conhecimento e as informações tornam-se mais específicas. Enquanto no terceiro o último estágio, chega o momento da decisão de compra, onde falar diretamente sobre o produto/serviço da sua empresa torna-se necessário.

Assim, podemos enxergar que em cada estágio é necessário informações diferentes, que devem ser alimentadas com conteúdos de fácil compreensão. É importante notar que cada fase requer um nível de nutrição. Por isso, é importante conhecer bem seu público-alvo para criar conteúdos relevantes e uma estratégia eficaz.

Fazer uma boa nutrição dos leads, entender o funil de vendas do seu negócio, conhecer bem sua persona e usar estratégias eficazes, com certeza trarão bons resultados para sua campanha de inbound marketing e, consequentemente, sucesso para sua empresa.

Gostou desse conteúdo? Conheça a Mercado Binário, nossos clientes e cases com resultados reais e efetivos! Acompanhe e compartilhe o nosso blog para saber tudo sobre Marketing Digital. Confira nossos projetos de criação de site, todos compatíveis com os dispositivos móveis! Toda semana um vídeo novo no Canal MB. Acesse também nosso Instagram.

Vídeos mais acessados

Play Video
Play Video
Play Video
Play Video

Nos siga nas redes sociais